Fale Conosco

Apesar do término do contrato da SP Alimentação com a PMJP, o contrato que a empresa mantém com o Governo Estadual mantém-se firme e forte. OU melhor, mantinha-se, por que hoje pela manhã a liminar que mantinha o contrato válido foi cassada.

A decisão foi da Juíza Lúcia Ramalho, da 5ª Vara da Fazenda Pública da Capital e tem como base a Lei das licitações. O contrato foi encerrado por Maranhão, no ano passado, e a fornecedora de alimentos conseguiu uma liminar para forçar a manutenção do serviço.

A juíza entendeu que a rescisão contratual obedece à interesses públicos. Eu só espero que os representantes da empresa não saiam da Paraíba sem pagar às merendeiras que estão trabalhando para a empresa há dois anos.