Fale Conosco

O Ministério Público Federal remeteu para a Delegacia do Patrimônio da União (DPU) o processo que recomenda a demolição de parte do estacionamento do Manaíra Shopping construída em área de preservação ambiental, as margens do Rio Jaguaribe.

Referida ação decorre das investigações realizadas no Procedimento Administrativo nº 1.24.000.000417/2007-60, instaurado pelo Ministério Público Federal a partir de representação da Associação dos Amigos da Natureza (Apan).

A Apan denunciou que as obras de ampliação no Manaíra Shopping , mais precisamente o estacionamento, foi construído em plena área de preservação, às margens do Rio Jaguaribe. Tal procedimento foi convertido, posteriormente, em Inquérito Civil Público.

Na ação principal, pede-se ampla reparação dos danos ambientais causados ao Rio Jaguaribe e às suas margens, abrangendo remoção de construções, impermeabilização do solo, recomposição da vegetação na área de preservação e indenização financeira compatível com os prejuízos materiais e morais incalculáveis causados à coletividade pelo comprometimento de valiosos ecossistemas no local.

Mais uma pedra no sapato de Roberto Santiago. Qual será a estratégia para escapulir dessa?

Outra coisa: será que a PMJP vai ter tanta pressa como teve na demolição das barracas da praia?