Fale Conosco

Uma vez Jáder Pimentel conseguiu, mas com a ajuda secreta da velha e saudosa raposa Antônio Paulino, que a todos dizia “vote no homem” e ajudou a derrotar a esposa de Zenóbio, Léa, quando Paulinos e Toscanos ainda comungavam do mesmo PMDB.

E agora o secretário executivo de Comunicação do Governo RC, Célio Alves, acredita que pode repetir o feito se candidatando a prefeito para viabilizar a terceira força em Guarabira.

CAMA DE GATO – Talvez Josa da Padaria ainda não saiba, mas será preterido e mais uma vez lhe oferecerão a vice, mas deverá declinar para tentar o mandato de vereador, pois sem mandato congela no freezer da política.

 A estratégia de Célio é muito simples. Mira na prefeitura de Guarabira, mas quer acertar na Assembleia Legislativa. Usará como escada o projeto da terceira força, mas é pragmático e sabe da impossibilidade de romper a polarização.

Opera para o governador resolvendo o miudinho no varejo e canaliza para si as demandas equacionadas, esperando a contrapartida em votos em 2016 e 2018.

Como atira com a pólvora alheia, vai espalhar sua rede por todo lado, em Guarabira e nas bases adversárias por todo o Brejo.

Mas, entre a cooptação de lideranças e a conversão em votos nas urnas, vai uma grande distância. É aguardar. Enquanto isso, é quem tiver precisando de emprego se aproveitar e prometer o voto. Essa é a cama de gato do eleitor.