Fale Conosco

Não descarto mesmo o apoio de Cássio e PSDB à candidatura do deputado Manoel Júnior a prefeito da Capital, conforme fica cada vez mais claro a cada sinal de fumaça que as chaminés dos fornos políticos emitem.

Dentro do próprio grupo do prefeito Cartaxo já há uma corrente que admite que o PSDB não virá mais para o arco de alianças do PSD, como foi fortemente ventilado após a saída de Cartaxo do PT.

O que se diz por aí não mais nas entrelinhas é que Cássio e Maranhão estão a um passo de reunificar o grupo que andava unido até a morte de Humberto Lucena.

Viabilizando-se, como parece, o namoro e evoluindo para casamento, podem incluir o nome de Manoel Júnior no segundo turno da eleição, disputando com Cartaxo, obviamente.

Quando Cássio vai se decidir entre Cartaxo e Manoel, pode me perguntar o amigo? O senador pode até já ter se decidido por um ou outro, mas o anúncio só será feito em junho.

Após o café da manhã de hoje na sede do PMDB, com Maranhão presente e sorrindo enigmaticamente, estou quase convencido que essa aliança poderá chegar até Bayeux; nunca a Guarabira e Campina.

É que os Paulinos sabem que Cássio quer viabilizar Manoel Júnior na Capital em troca da cabeça de Vemeziano em Campina. Porquê? Se o Cabeludo vencer Romero ele estará em petição de miséria estrutural para 2018.

EM TEMPO: A SECRETÁRIA DE FINANÇAS DA PREFEITURA DE CAMPINA, ARACILBA ROCHA, ESTAVA NO EVENTO.