Fale Conosco

Atendendo a mais uma demanda do Orçamento Participativo (OP) apresentada pela população do bairro Mangabeira, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, entregou, na manhã desta quarta-feira (10), a recuperação do  Centro da Juventude Ylton Veloso, oferecendo mais um espaço que contempla esportes, cultura, lazer e formação para os jovens de 15 a 29 anos. “Aqui era um espaço abandonado, que os jovens vinham para usar drogas, mas nós invertemos essa lógica. Agora eles vêm para pensar e planejar o futuro”, afirmou o prefeito.

Na estrutura antiga, o Centro da Juventude tinha capacidade de atender a 300 atendimentos mensais, mas, com a recuperação e ampliação, o local agora pode atender a 800 jovens, através da Secretaria de Juventude, Esportes e Recreação (Sejer). O Centro conta com um auditório com capacidade para mais de 100 pessoas, secretaria administrativa, dois vestiários, sendo um masculino e um feminino, almoxarifado, copa e um pátio central. São oito salas de aula para os cursos, dança, artes plásticas, serigrafia, grafite e música, além de uma Estação Digital e uma sala de atendimento odontológico.

“Trabalhamos com o foco de que a juventude tenha cada vez mais áreas públicas de lazer, de esporte, de capacitação e formação. Teremos uma grade permanente de cursos atendendo a população e estamos muito felizes porque era mais uma demanda do OP e dos jovens. A Coordenação de Juventude estará funcionando aqui e estamos também oferecendo um espaço para dar mais oportunidades aos jovens de buscarem o mercado de trabalho, através dos cursos profissionalizantes que oferecemos”, declarou Luciano Cartaxo.

O Centro é voltado para os jovens com idade de 15 a 29 anos e o contato com os usuários é feito por meio das escolas dos bairros e dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras). Mas, segundo o secretário da Sejer, Guto Clerot, o Centro também atenderá a população do entorno, que tenha interesse em participar das atividades. “O Centro quebrou um pouco esta característica de ser só para jovens, sem deixar de ter eles como foco. Mas a população em geral também pode participar dos cursos de culinária, corte e costura, artesanato, entre outros”, explicou.

Centros em JP – O Centro de Juventude de Mangabeira é utilizado por jovens dos bairros vizinhos, como Bancários e José Américo, mas a PMJP dispõe de mais quatro Centros. No Rangel, há o Centro de Juventude Reuben Ramalho; nos Funcionários I, o Ilma Suzete Gama; no Alto do Mateus, o Toni Cássio Estrela e, no Valentina Figueiredo, o Adalberto Fernandes.

Dentre as diretrizes do local estão produzir e divulgar informações de interesse dos jovens; ampliar a formação, o conhecimento, as oportunidades e as habilidades que auxiliem na inserção social dos jovens; articular-se com entidades e instituições ligadas ao universo da juventude, bem como integrar e apoiar iniciativas locais.

A solenidade de entrega do Centro contou com a presença de auxiliares do governo municipal, do deputado estadual, Jutay Meneses, do presidente municipal do PSD, Lucélio Cartaxo, e de moradores da região.

Fonte: Assessoria