Fale Conosco

Apesar da entrega do pedido de demissão dos médicos cirurgiões do Trauma na última sexta, 27, o Governo não se movimentou até o momento. Recebi hoje pela manhã a confirmação de que não há cirurgiões gerais no Hospital, e os pacientes que necessitam de procedimentos cirurgicos ficam esperando uma solução da unidade hospitalar.

Não sei o que aconteceu, mas Tarcísio campos, que é Presidente do Sindicato dos Médicos da Paraíba, não atende ligações e o setor de Assessoria de Imprensa do Trauma não tem sequer um funcionário trabalhando durante o fim de semana, para dizer de há alguma saída no fim do túnel para aqueles que estão precisando de cirurgia.

O que é fato: o caos na saúde continua se agravando e o Estado não fez nenhuma proposta aos médicos cirurgiões. E agora, quantas pessoas precisam sofrer para que o Estado perceba a necessidade de atender a reivindicação dos médicos?

Em tempo: de ontem para hoje o trauma simplemente entrou em colapso e já há notícias de que pacientes morreram por falta de atendimento.

Só uma intervenção federal para reordenar a saúde pública na Paraíba.