Fale Conosco

Conheci Guilherme Almeida em 2004 durante a campanha de Veneziano a prefeito. Naquela oportunidade, ele disputava a reeleição como vereador e fiquei impressionado com sua determinação. Pensei com os meus botões: esse cara vai longe.

Ficamos amigos e em algumas oportunidades viramos a madrugada conversando sobre as coisas da política ou falando sobre o patriarca Orlando Almeida, pai que admira e se inspira.

Guilherme tem uma família equilibrada, esposa e filhos e isso lhe empurra pra frente.

Deputado estadual em segundo mandato, Guilherme agora mira a Prefeitura de Campina Grande e não se admirem se chegar lá. Guilherme é focado, anda no trilho e dificilmente oscila.

Dou razão a ele quando diz que sairá candidato de todo jeito e que não vai esperar o prefeito Veneziano bater em seu ombro com a autorização. Querer é poder.

Guilherme e Veneziano são primos e se entendem. Mas, Guilherme não vai esperar por ninguém e já botou o bloco na rua. Ele prefere combinar com o povo primeiro e com os caciques depois.

Dou-lhe razão e digo que está no caminho certo. Errado estaria se ficasse em stand by aguardando chover algodão doce. A onda vai e volta e quem não aproveitar sai da fila.

Parafraseando Maomé, eu digo: a fé pode mover montanhas, mas quem mora em planície tem que mover céus e terra para chegar ao objetivo.

Anotem aí: Guilherme vai ser o elemento surpresa. Como diria Maktub: O coxo parte cedo.