Fale Conosco

A Prefeitura de Campina Grande suspendeu os shows de fim de ano, mas manteve a queima de fogos tradicional no réveillon às margens do Açude Velho. A informação foi adiantada pelo prefeito Romero Rodrigues (PSD), nesta sexta-feira (27), durante entrevista ao Correio Debate, da TV Correio. A medida é parte das tomadas na cidade contra a disseminação do novo coronavírus.

Rodrigues afirmou que a queima de fogos na virada de 2020 para 2021 não tem condições de promover grandes aglomerações, como ocorreria com shows musicais. A suspensão das apresentações é parte do que determina o decreto nº 4.527, de 20 de novembro de 2020, com um novo nível de restrição para eventos de até 300 pessoas na cidade.

Conforme o documento, só poderão ser realizados após análise técnica da Vigilância Sanitária do Município. Segundo o texto, o órgão, após vistoria, emitirá autorização com entrega dos protocolos sanitários a serem seguidos.

A medida foi tomada após o Ministério Público expedir recomendação, na quarta-feira (25), à Prefeitura de Campina Grande, para que seja revogado o artigo 1º, caput, do decreto 4.527/2020, que possibilita a realização de eventos que comportem até 300 pessoas.