• Câmara de Bayeux decide nesta segunda se aceita pedido de cassação do prefeito afastado Berg Lima

    Câmara de Bayeux decide nesta segunda se aceita pedido de cassação do prefeito afastado Berg Lima

    A Câmara Municipal de Bayeux decide, nesta segunda-feira (17), o futuro do prefeito afastado da cidade, Berg Lima (Podemos). O gestor foi preso acusado de cobrar propina em troca de liberação de pagamentos por parte da prefeitura. Na semana passada, o vereador Adriano Martins (PMDB) protocolou na Casa u pedido de cassação do prefeito, baseado na investigação que levou à prisão do gestor. Hoje, em sessão extraordinária convocada pelo presidente da Câmara, o vereador Mauri Batista (Noquinha, do PSL), os vereadores votarão pela aceitação ou não do pedido.

    De acordo com o procurador da Casa, Aécio Farias, caso os parlamentares decidam pela aceitação do pedido, será sorteado na mesma sessão os três nomes que irão compor a Comissão Processante. "A partir daí, a comissão notifica o prefeito para que no prazo de 10 dias ele apresente a sua defesa e arrole as testemunhas. Feita a defesa, a comissão vai deliberar se prossegue ou não com o processo, o que vai ser submetido ao plenário da Câmara. Eles vão deliberar se prosseguem ou não com processo", explicou.

    Depois de votado o parecer da comissão, a Casa já poderá deliberar ou não por um afastamento. Só então, inicia-se a fase de audiências e elaboração do parecer final, que também irá a plenário. De acordo com Aécio, todo o processo de cassação poderá durar no máximo 90 dias.

     

    Fonte: Blog do Gordinho

    17 de July de 2017
    Postado às 07hrs, por Dércio | 0 pessoas comentaram
"Este blog não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais".

Comentários (0)

formulário de comentario : : : : captcha