Fale Conosco

Por indicação do relator, juiz convocado Aluízio Bezerra Filho, a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba decidiu pelo adiamento do pedido de habeas corpus impetrado em favor do paciente Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva. A decisão foi tomada durante sessão realizada na tarde desta quinta-feira (02).

Com a decisão, o processo voltará a pauta de julgamento na próxima terça-feira(07). Rodolpho Gonçalves está sendo investigado por atropelar e matar o agente de trânsito Diogo Nascimento Sousa, de 34 anos, fato acontecido na madrugada do dia 21 de janeiro, quando a vítima trabalhava em uma blitz da operação Lei Seca.

O habeas corpus nº 0000059-04.2017.8150000 é oriundo da 1ª Vara do Tribunal do Júri da comarca da Capital.