Fale Conosco

Um convênio do Ministério do Esporte com a prefeitura de João Pessoa, o polêmico “programa Segundo Tempo” que devido a irregularidades derrubou o ministro Orlando Silva, está dando dor de cabeça para os profissionais envolvidos em João Pessoa. O problema é o calote da PMJP.

Os educadores físicos começaram a trabalhar no inicio de outubro e nada de sair o dinheiro até agora.

Conforme fontes do governo, o valor para os pagamentos já foi repassado pelo ministério à prefeitura de João Pessoa, ou seja, “os coordenadores de núcleo que são os professores e os estagiários, dão as aulas as crianças carentes e não recebem seus salários ha mais de dois meses.