Fale Conosco

O SAMU Campina Grande entrará em GREVE nesta sexta – feira,21 de junho de 2019, a partir das 19h.

A cidade que sedia um dos eventos mais famosos do país e em seu pleno período festivo pode ficar sem cobertura de suporte do SAMU.

Cerca de 45 médicos, enfermeiros, Técnicos auxiliares de regulação médica, rádio operadores, condutores e auxiliares de serviços gerais estão com seus salários atrasados. Os médicos não receberam os salários dos meses de ABRIL e MAIO, e hoje faltando apenas 9 dias para o término do mês, ainda não há previsão para a realização dos pagamentos.

Esse problema se estende desde o mandato anterior do Sr. Prefeito Romero Rodrigues, que em sua gestão máscara as reais situação da saúde,o mesmo não compreende a essencialidade das categorias envolvidas e nem pesa as consequências que sua irresponsabilidade irá acarretar a população de Campina Grande e demais cidades.

A atual situação é crítica, os profissionais trabalham em condições precárias, falta desde o material básico como: água, higiene dos banheiros, alimentação digna, materiais medido-hospitalar,bem como são suprimidos os direitos trabalhistas tais como férias, 13° salário, e a remuneração mensal,pois além do amor pela profissão, todos q ali se encontram trabalham para garantir uma vida digna e atender suas necessidades pessoais bem como de seus familiares.

A CENTRAL DE REGULAÇÃO atende ligações desde as cidades de Picui , Cuite, Pedra Lavrada, Esperança, Pocinhos, Soledade, Montadas, Alagoa Grande, Alagoa Nova, Remigio, Lagoa Seca, São Sebastião de Lagoa de Roça, Massaranduba, Serra Redonda, Fagundes, Queimadas, Areia, Areial, Algodão de Jandaira, Barra de Santa Rosa, Aroeiras, Natuba, Cubati, Serido, Cabaceiras, Riacho de Santo Antônio, Alcantil, Barra de Santana, Gado Bravo entre outras cidade.

Segundo representantes da categoria todas estas cidades e seus habitantes serão prejudicadas, visto que todas as ligações feitas para o numero 192 ( SAMU : Serviço Móvel de Urgência ) cai na central em Campina Grande e que só após o cidadão falar com o Médico Regulador, o qual é responsável por avaliar a situação,enviará uma unidade com suporte avançado ou básico para o local a depender da gravidade do caso.

Só se sabe o valor de um SAMU, quem um dia teve seu ente querido socorrido por uma unidade seja de suporte básico ou avançado !

“Senhor prefeito, Romero Rodrigues, seus funcionários clamam por respeito e a população por direito a uma saúde de qualidade”, diz um dos servidores.

Redação com sindicato