Fale Conosco

A oposição obteve uma vitória na Justiça na tarde de hoje, onde o desembargador, Romero Marcelo, concedeu liminar de ação cautelar que pedia a suspensão dos efeitos a Lei das terceirizações nos serviços essenciais.

A concessão da Liminar ocorreu pelo fato de o desembargador entender que a votação da matéria carecia de maioria absoluta, ou seja, dois terços dos parlamentares e este número de votos não foi atingido.

A votação de polêmica MP da Cruz Vermelha volta a estaca zero. 

O certo é o certo, o errado é o errado.

Nossa Justiça está de parabéns!