Fale Conosco

Na casa do empresário Pietro Harley Dantas Félix, preso na 11° e 12° fases da Operação Calvário, deflagradas nesta quinta-feira (04), foram apreendidos quatro carros de luxo. A residência, avaliada em R$ 6 milhões de reais, fica localizada em Camboinha II, no município de Cabedelo. Durante a ação, um homem foi preso por posse ilegal de duas armas de fogo encontradas durante as buscas das autoridades.

Foram levados pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) um Volkswagen Tiguan, uma picape Hilux, um BMW e uma picape Amarok que também tinha um reboque para uma pequena embarcação, provavelmente um jet ski.

Também foram presos nestas fases da operação, além de Pietro Harley e do homem que não teve a identidade revelada, o ex-presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas e o irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, que já havia sido preso em outra etapa da Calvário.

Equipes do Gaeco já investigavam há meses a casa do empresário, que é suspeito de participar de um esquema de contratações fraudulentas com a Prefeitura de João Pessoa que resultou em um prejuízo de cerca de R$ 2,3 milhões aos cofres públicos. O contrato teria sido feito na época em que Ricardo Coutinho era o prefeito do município.

O outro preso que não foi identificado, estava com duas armas com o documento de posse vencido. O homem foi conduzido à Central de Polícia.

A operação desta quinta cumpre 28 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão.