Fale Conosco

O interesse de ingressar na vida pública é latente na maioria daqueles que carrega o sobrenome “Cunha Lima”. Uns não tem capacidade para ocupar nem cargo de presidente de SAB, mas por causa da “habilidade eleitoral” familiar não quer perder a oportunidade de tentar; outros tem a torcida da família e amigos (que vêem a salvação nessa candidatura) e fogem da responsabilidade como o diabo foge da cruz.

No limiar encontra-se o neto de Ivandro Cunha Lima, o jovem Bruno. Menino, inexperiente, nunca foi testado em urnas, mas já fazendo escola dentro e fora de casa, Bruno está de olho nas próximas eleições e revelou articulações políticas para melhorar o preparo.

No microblog Twitter, Bruno revelou encontro com o deputado Romero Rodrigues, Manoel Ludgério e Gilbran Asfora: Agora a noite fui ao Amigão encontrar gente do bem: @GilbranAsfora @DeputadoRomero @ManoelLudgerio e tantos outros, que não cabem no tweet.

Na tarde de ontem, Bruno esteve com Marconi Maia para uma reunião de conjecturas políticas: “Pela tarde, bom bate papo e muitas conjecturas com @MarconiMaia e @GilbranAsfora. Um verdadeira aula!”

Nos bastidores comenta-se que Bruno está sendo preparado para ocupar a vaga de vice-prefeito na chapa de Romero Rodrigues, numa tentativa de impulsionar a candidatura do tucano.

Contudo, o clã “Cunha Lima” é envolvido por interesses que não são comuns. O lado de Bruno é o lado de Ivandro, que comunga de outros desejos, tem outro staff e pode contrariar os propósitos de Cássio Cunha Lima, por isso Bruno está sendo cozinhado em banho Maria até que o grupo analise se Romero vai engrenar ou não.

Como plano B, caso Cássio frite Bruno, Ivandro já deseja lançá-lo a vereador em Campina. E se o menino for escanteado agora e crescer politicamente, certamente será um adversário de Cássio no futuro. Esse é o motivo pelo qual o jovem está sendo tratado como bibelô.