Fale Conosco

Convenhamos, ontem foi uma quarta feira de fogo para o governo Ricardo Coutinho e aos poucos os próprios aliados do governador concorrem para liquidá-lo politicamente. 

Do cais do porto emergiu ontem uma gravação onde o presidente da Companhia Docas, Wilbur Jácome, pratica liguagem de zona de baixissímo meretrício e acusa a presidenta Dilma de “rapariga e escrôta”.

Do Palácio o porta voz do PSB, Edvaldo Rosas, botou uma coroa de espinhos em Rômulo Gouveia ao declarar que nenhuma das vagas da majoritária estava assegurada para o vice governador, que em seu aniversário foi  tratado como bôbo da côrte.

Devorando-se no varejo e atacado, a gestão Ricardo Coutinho chegará ao último dia do mandato do governador Ricardo Coutinho com barriga zero.

Traduzindo: Ricardo será barrado pelo eleitor que lhe negará a reeleição,  abandonado pelos correligionários e sem perspectiva nem poder não terá com quem brigar ou devorar.