Fale Conosco

A briga de saias não é “privilégio” apenas da Rainha da Borborema. Na pacata cidade de Pombal, o embate feminino para o pleito deste ano, fica por conta da peemedebista Mayenne-Van e da petista Polyanna Dutra (PT), que mais uma vez se enfrentarão. Polyanna é a candidata do governador Ricardo Coutinho (PSB), já que o Partido dos Trabalhadores se aliou ao socialismo também no Sertão da Paraíba.

O quadro formado após as convenções políticas realizadas pelos partidos que vão disputar as eleições municipais em Pombal, definiu o nome das duas mulheres, o que promete uma disputa acirrada.

Desta vez as estratégias usadas pela petista não serão as mesmas, até porque em 2008, quando venceu a eleição, ela contou com o peso do apoio do ex-presidente Lula, fato que não se repetirá e conseguiu comover a população de Pombal com o luto do seu esposo, o ex-prefeito da cidade.

Passados quatro anos, Polyanna arrumou outro marido e esqueceu completamente o povo de Pombal. Agora é chegada a hora do segundo “round” no embate entre as saias, mais uma vez elas irão se digladiar, só que desta vez a peemedebista promete nocautear a petista.

Embora Polyanna enfatize que há a necessidade de continuar o projeto administrativo iniciado por ela, o povo de Pombal não quer mais e já demonstrou isso nas ruas, no boca-a-boca e todos são unânimes em afirmarem que sua administração está ultrapassada.

Em Pombal, será a guerra da candidata do governador Ricardo Coutinho (PSB), Polyanna contra a candidata do prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego (PMDB), Mayenne-Van.

Convenção

A convenção do PMDB, em Pombal, ocorreu, no último sábado (30), na Associação Atlética Banco do Brasil e os partidos coligados são: DEM, PPS, PSC, PSD, PP e PRTB. A majoritária do PMDB é puro sangue e traz na cabeça da chapa, a candidata Mayenne-Van e seu vice Galego Gavel.

Já o PT está coligado com o PSDB, PSB, PDT, PTB, PV, PCdoB, PMN e PSL. A convenção petista, aconteceu no Pombal Ideal Clube, onde foi homologado os nomes de Polyanna e Geraldinho à prefeita e vice, respectivamente.