Fale Conosco

Michel Temer e Dilma Rousseff estão juntos mais uma vez.

Segundo a Folha de S. Paulo, “ganhou força no Congresso e no Judiciário a aposta de que o TSE pode adotar uma solução salomônica ao julgar o pedido de cassação da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer.

Os ministros não devem acolher a tese de separação das contas da campanha de 2014, mas sim a de que a ação teve seu objeto excessivamente ampliado no curso do processo. Haveria, aí, brecha para o argumento de que a acusação inicial não é forte o suficiente para condenação”.

Fonte: ClickPolítica