Fale Conosco

Operador do mensalão prestou depoimento em setembro, durante o julgamento do caso no STF, e acusou ex-presidente de ter recebido dinheiro do esquema

 Acredite quem quiser, mas o Ministério Público Federal vai investigar o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva com base nas acusações feitas pelo operador do mensalão, Marcos Valério, que disse também ter pagado despesas pessoais do nosso ex-presidente com dinheiro advindo do esquema.  

Com base, nessas acusações, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, encaminhou o caso à primeira instância da Justiça, já que o ex-presidente não tem mais foro privilegiado. Ou seja, a denúncia pode ser apurada pelo Ministério Público Federal em São Paulo, em Brasília ou em Minas Gerais. Resta saber, se mesmo sem foro privilegiado, a Justiça vai realmente conseguir provar que Lula, além de saber da existência, era ativo dentro do esquema que roubou grandes vultos de dinheiro do País.

É lógico que toda e qualquer denúncia deve ser apurada e, se tratando de um ex-presidente, obviamente que tem que ser apurada mesmo, pois as repercussões internas e externas podem ser catastróficas. E integrantes do MPF têm repetido que as afirmações de Valério precisam ser aprofundadas.

A decisão de encaminhar a denúncia foi tomada no fim de dezembro, após o encerramento do julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF). Condenado a mais de 40 anos de prisão, Valério, que até o fim do julgamento poupava Lula, mas com o encerramento do caso, mudou a versão, fazendo sérias acusações.

O depoimento prestado por Valério no ano passado e os documentos apresentados por ele serão o ponto chave da futura investigação que, neste caso, ficaria circunscrita ao ex-presidente.

O procurador da República que ficar responsável pelo caso poderá chamar o ex-presidente Lula para prestar depoimento. Marcos Valério também poderá ser chamado para dar mais detalhes da acusação feita ao Ministério Público em 24 de setembro, durante o julgamento do mensalão.

Desde que o esquema foi descoberto, petistas formaram uma blindagem no nosso ex-presidente difícil de quebrar, pois desde quando foi descoberto o esquema fraudulento, o nome de Lula nunca apareceu nas acusações. Será que agora vai aparecer de fato?

Mais uma parte da novela do mensalão vai ao ar e, desta vez, o protagonista ao que tudo indica será o ex-presidente Lula, que na realidade, ao final da novela, pode até mesmo ser o vilão. 

 

Fonte: O Estadão