Fale Conosco

O vereador de João Pessoa Ubiratan Pereira – Bira (PT) – repudiou nesta quinta-feira (16), a criação de comitês de campanha Aécio/Ricardo, instalados na Capital, em Campina Grande e em outras cidades do Sertão do Estado, pelo coordenador de campanha do PSB, Efraim Moraes, sob o pleno aval do candidato à reeleição ao Governo da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), que há exatamente uma semana firmou oficialmente apoio na Paraíba à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Contudo, para Bira a instalação desse comitê não é nenhuma surpresa e só comprova que o candidato socialista, não tem compromisso e nem respeito com os seus aliados e que novamente não votará em Dilma, no segundo turno das eleições de 2014, que acontecem no próximo dia 26, conforme já fez em 2010.

“Eu repudio totalmente esse tipo de situação permitida pelo candidato do PSB aqui na Capital. Mas, isso não foi nenhuma surpresa e só demonstra claramente que ele não vai votar na nossa presidenta neste atual pleito. Até porque, todo mundo sabe que já em 2010, quando ele fazia parte da coligação oficial, quando o PSB estava apoiando à candidatura para o primeiro mandato de Dilma, ainda assim ele não fez campanha e nem votou em nossa presidenta, bem como boa parte das pessoas próximas a ele também não votaram em Dilma naquele momento”, frisou Bira.

Para o parlamentar petista essa situação que se repete agora em 2014 só comprova ainda mais a relação utilitarista que o candidato socialista estabelece entre partidos e grupos. “Essa situação só prova que a mesma prática utilitarista do candidato socialista permanece agora no segundo turno das eleições de 2014, quando ele busca desesperadamente votos para tentar sua recondução ao Palácio da Redenção”, complementou Bira que sempre discordou da aliança firmada entre o PT e o PSB, oficializada  no primeiro turno das eleições 2014 na Paraíba.

BG