Fale Conosco

O delegado de Defraudações de João Pessoa, Lucas Sá, revelou detalhes da operação que prendeu o prefeito de Bayeux Berg Lima (Podemos) por crime de extorsão. Em entrevista à MaisTV, canal de vídeo do Portal MaisPB, o delegado revelou os valores cobrados pelo gestor a um fornecedor da Rede de Saúde Municipal e afirmou que essa era uma prática comum na gestão de Lima.

De acordo com Lucas Sá, Berg Lima exigiu R$ 5 mil ao empresário para liberar cada pagamento de R$ 15 mil, montante que seria parte de uma dívida no total de R$ 77 mil, pendente da gestão passado. A primeira extorsão teria ocorrido no mês de abril.

Ao perceber que a proposta do prefeito iria inviabilizar seu negócio o empresário resolveu denunciar o gestor à polícia.

“Ele avaliou que pagando R$ 5 mil reais a cada R$ 15 mil ele não teria mais como operar, além de ser uma conduta extremamente grave”, destacou.

O delegado explicou que Berg Lima deve responder por corrupção passiva, peculato, extorsão e crimes referentes a administração pública. A Polícia também vai pedir o afastamento do prefeito cargo.

 

Fonte: Blog do Anderson