Fale Conosco

A promotora de justiça, Maria Edlígia, instarou mais um procedimento para investigar o prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, por mais um suposto crime praticado contra o erário público.

Desta vez, o Ministério Público quer apurar a dispensa de licitação para aquisição de medicamentos na gestão de Berg. O então prefeito havia decretado estado de calamidade pública no município.

Berg Lima reponde a vários processos em Bayeux, em apenas seis meses de gestão. Ele foi preso, em flagrante, cobrando, supostamente, propina a um empresário local para liberae pagamentos atrasados.

Confira o documento:

Inquérito Civil nº 013.2018.000593
Portaria nº 21/2018
Representado(s): MUNICÍPIO DE BAYEUX-PB
SECRETARIA DE SAÚDE DE BAYEUX-PB
OBJETO: Apurar as Dispensas para aquisição de medicamentos pelo
Município de Bayeux-PB, com base no Decreto de Calamidade na
gestão de Gutemberg de Lima Davi.

Bayeux-PB, 11 de Junho de 2018
MARIA EDLIGIA CHAVES LEITE

4º Promotor de Justiça da Promotoria de Justiça Cumulativa de Bayeux

 

Com informações do Blog do Anderson Soares