Notícias

Bandidos ‘fazem a festa’ na região polarizada por CG com furtos, roubos e homicídio de vereador do PSB na quarta

Cinco pontos comerciais da região polarizada por Campina Grande foram, foram vítimas de furtos, registrados de formas muito semelhantes, ontem (21). Além dos furtos, um homicídio foi registrado em Serra branca com a morte de um vereador do PSB.

Segundo os boletins do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), as 10h foi registrado um assalto a uma loja de veículos da marca Mitsubishi localizada na Avenida Brasília em Campina Grande de onde foi roubado, três celulares, notebooks e um relógio de ouro do gerente além de um valor não divulgado.

Outros dois casos, foram registrados em assaltos a mercadinhos na cidade, um no bairro do Catolé, onde 4 indivíduos furtaram 10 litros de uísque, 10 maços de cigarros e uma quantia não revelada. Já do mercadinho Boa Opção os meliantes levaram R$ 1000.

O quarto caso ocorreu nas Malvinas em Campina Grande na loja Victor Óticas de onde os bandidos levaram várias armações e a quantia de R$ 470.  O último caso de furto à empresa ocorreu numa loja no Centro de Campina que trabalha na distribuição de água mineral, de onde foi roubado R$ 150.

Também houve o assalto a residência do funcionário público Demétrius que mora no bairro do Jardim Paulistano que teve roubado seu notebook, tablete, home teather, e a quantia de R$ 200.  Ainda foi furtado uma moto sheneray e um notebook de uma jovem no centro de Campina e outra moto em Lagoa Seca as 19h07 em frente ao restaurante Recanto da Lagoa.

O delegado responsável pelos casos Iasley Almeida, afirmou que os roubos podem ter ligação ao tráfico de drogas, pois os suspeitos podem estar praticando os crimes para quitar dívidas com drogas. Até o termino da reportagem nenhum suposto criminoso foi detido.

Homicídio – No período da manhã na cidade de Serra Branca, o vereador Geraldo Caetano do PSB foi morto com4 disparos de arma de fogo em frente a sua lanchonete por dois indivíduos em uma moto que após cometerem o crime se evadiram do local. A policia ainda não sabe de o crime teve conotação política.