Fale Conosco

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) relatou dificuldades para pousar na região Nordeste, onde ele cumprirá agenda ao longo do dia. Segundo o planejamento inicial, o governante chegaria na manhã de hoje ao aeroporto de Paulo Afonso, na Bahia, e de lá seguiria para Piranhas, em Alagoas. No entanto, por dificuldades no momento da aterrissagem, o desfecho do voo foi deslocado para Aracaju (SE).

Em sua página no Facebook, Bolsonaro relatou que a aeronave presidencial deixou de pousar em Paulo Afonso por “falta de teto”. Ele também indicou que o mau tempo na região acabou criando dificuldades para o piloto.

Em seu relato, Bolsonaro acabou cometendo alguns equívocos geográficos. O texto inicial do presidente dizia que Paulo Afonso fica em Alagoas, mas a cidade, na verdade, está localizada em território baiano. O governante também errou ao escrever que Piranhas fica em Sergipe. O município faz parte do estado de Alagoas. Mas depois de cerca de meia hora, os erros foram corrigidos no Facebook.

Em Piranhas, Bolsonaro vai participar da inauguração do sistema de abastecimento de água do Canal do Sertão. O empreendimento utiliza a água do rio São Francisco para abastecer a área rural de 42 cidades alagoanas.

Quando o projeto, que foi dividido em 8 fases, estiver concluído, o Canal do Sertão vai ter 250 quilômetros de extensão e beneficiará 1 milhão de pessoas, de acordo com o governo federal.

UOL