Fale Conosco

Na tarde desta quinta-feira (04), serão realizadas as audiências de custódia do ex-presidente do PSB da Paraíba, Edvaldo Rosas, e do empresário Pietro Harley. Eles foram presos em decorrência da deflagração das 11° e 12° fases da Operação Calvário, denominada de “A Origem”. A ação investiga o esquema fraudulento envolvendo contratos para compras de material didático para a Secretaria de Educação do Estado, na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho. A audiência, que será realizada de forma virtual, está prevista para iniciar às 15h. 

Edvaldo Rosas e Pietro Harley foram conduzidos para a Central de Polícia, no bairro do Geisel. Eles estão na carceragem da Central de Polícia aguardando a realização das audiências.

A audiência de custódia será conduzida pela juíza Andrea Arcoverde, a mesma magistrada que emitiu os mandados de prisão contra os dois.

Existe uma tendência de não relaxamento da prisão, uma vez que a prisão deles foi preventiva, sem limite estabelecido de tempo.

Além de Edvaldo Rosas e Pietro Harley, também foi cumprido um mandado de prisão contra o irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, que já estava preso por violar as medidas cautelares