Fale Conosco

Segundo informações de fontes com laços de sangue, o prefeito Romero Rodrigues já foi várias vezes convidado a renunciar a candidatura e só não levou uma rasteira dentro do PSDB justamente pelos lanços familiares.

A fonte me diz que Cássio está consciente do risco de perder a Prefeitura de Campina, onde abriga seu exército, fez de tudo para Romero entender a situação, mas o primo está reticente.

De sua parte Romero teria argumentado que risco corre com a manutenção de Ronaldinho na vice, fechando espaços para articulações com outros partidos.

Cássio, me conta a fonte, quer Pedro na cabeça de chapa e prometeu a Romero a volta ao mandato de federal em 2018, mas o prefeito teria dito que tem pesquisas onde o filho do primo perderia por ampla margem para o ex-prefeito Veneziano, que obteve 32,23% dos votos válidos de Campina para deputado federal, enquanto Pedro ficou com 21,8%.

O climão entre os familiares e correligionários que circulam na roda pequena é tão desagradável que, me falou a fonte, já tem gente comprando pacote de viagem na semana da eleição para não testemunhar o desastre iminente. “Eu mesmo vou descer à praia, repetindo o que fizemos com Rômulo em 2004, pois apanham e não aprendem”, finalizou.