Fale Conosco

 

Não há mais cabimento no protelamento da permanência danosa de Netinho à frente da gestão pública em Santa Rita e a autoridade judicial que corroborá para que ele continue com a chave do cofre de uma prefeitura que movimenta mais de 15 milhões por mês deverá ser denunciada por crime de responsabilidade no futuro.

As irregularidades no uso do erário são tantas e com tanta periculosidade que merece uma operação tipo Lava Jato. A cidade virou um lixão a céu aberto e nos postos de saúde até cachorro dorme nas macas, tanto é o descaso da administração Netinho, um despreparado para o cargo e deslumbrado com o poder.

POR QUE TANTOS CARROS LOCADOS? 

O que se faz de errado na Prefeitura de Santa Rita a população inteira sabe e comenta, pois o desmantelo é notório e os gestores e laranjas apontados nas esquinas se gabam da garapa com o dinnheiro público.

Nunca se viu em Santa Rita tanto carro locado, dezenas, e por preços absurdos e quase todos compondo uma fachada para pagamento de cabos eleitorais de luxo, com repasses entre cinco e dez mil reais. Com certeza aí tem gordura para estorno.

Enquanto isso, serviços essenciais são negligenciados, a merenda virou bolacha com refresco, mas o que se paga é comida boa. Quem fica com a diferença?

POR QUE TANTO COMBUSTÍVEL?

No dia 12 de agosto deste ano o portal MaisPB denunciou quea Prefeitura de Santa Rita fechou contrato de R$1,6 milhão com um posto de combustível para abastecer sua frota. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município no último dia 07 de agosto.

De acordo com o ato do prefeito, Netinho de Várzea Nova, o Comercial de Combustíveis Santa Rita, posto localizado no Centro da Cidade, fica contratado para fornecer até R$ 1.650.200,00 (um milhão seiscentos e cinquenta mil e duzentos reais) em combustível para a prefeitura. São quase 600 mil litros do produto que devem ser oferecido para o Poder Executivo.

Levando em consideração o uso médio de combustível por veículo, com a aquisição da Prefeitura de Santa Rita, seria possível percorrer a circunferência da Terra por mais de 14 vezes”.

Mas, talvez os senhores desembargadores do Tribunal de Justiça e o juiz que aprecia a permanência ou queda de Netinho não saibam, as irregularidades em Santa Rita não param por aí.

Há suspeita de faturamento na compra de material de expediente , conforme documento abaixo, as creches estão às moscas e ninguém sabe para onde realmente vão os 15 milhões ou até mais que a Prefeitura de Santa Rita recebe todo mês.

A pergunta que faço é: até quando o Poder Judiciário aceitará esse caos? 

Lixo por toda a cidade

Essa é a situação dos postos de saúde, onde cachorros dormem em macas