Fale Conosco

Virou lugar comum para o cidadão que circula pelas cidades de João Pessoa e Campina de carro esbarrar em prestadores de serviços do Governo do Estado uniformizados de laranja nos sinais e colando adesivos dos candidatos do PSB.

Isso já não é novidade para ninguém e quem não encontrou um colega numa saia justa dessas é porque não tem circulado por aí.

O horário é inusitado, das 06h as 08h da manhã e entre as 17h e às 19h. Claro que para fugir da fiscalização do TRE, pois é o horário em que os prestadores ou ainda não ingressaram na jornada de trabalho do dia ou acabaram de sair.

Coisa de advogado que pensa em tudo para evitar que o cliente seja punido, mas chegou a hora de o MPE adotar providências no sentido de coibir que milhares de prestadores de serviço, com zero de estabilidade no emprego público, sejam coagidos a pedir votos para o governador, muitas vezes arriscando a própria vida na travessia de ruas de grande movimentação de veículos ou expondo a saúde.

O que estou aqui denunciando até os miquinhos da Mata do Buraquinho já sabem e chegou a hora de o MPE tirar a venda dos olhos, pois todos os dias anônimos pedem socorro nas emissoras de rádio, redes sociais e até agora ninguém moveu uma palha.