Fale Conosco

O governador Ricardo Coutinho deu, neste final de semana, no Sertão, mais uma demonstração de insensibilidade e falta de habilidade no trato com os servidores públicos, sobretudo com os médicos.No sábado (6), ao participar de debate entre os candidatos ao Governo do Estado, em Patos, o candidato do PSB à reeleição acusou o ortopedista Ivanes Lacerda (PSD), que também é vereador da cidade, de não estar no Hospital Regional naquele momento, horário de plantão.

O candidato do governo afirmou em tom sarcástico que o profissional havia trocado o serviço para prestigiar o debate. Educadamente, Dr. Ivanes apenas gesticulou para Ricardo, respondendo que se tratava de uma inverdade a informação dada.”Minha vontade foi usar do meu direito enquanto profissional e levantar para desmenti-lo. Mas como não poderia me manifestar, eu também não quis baixar o nível do debate, coisa que ele faz em todas as oportunidades”, descreveu o vereador.

Ivanes Lacerda comentou que já é histórica a falta de respeito do atual governador para com os médicos. O vereador classificou como “extremamente desleal e covarde” a atitude de Ricardo, reforçando que a inverdade era “fruto do ódio aos médicos”.

“Ocorre que, com a política de saúde do governo Ricardo, mais de 15 ortopedistas foram embora de Patos. E neste final de semana, a diretora do hospital ficou sem a possibilidade de fazer a escala, porque nenhum médico se propôs a dar plantão. É preciso esclarecer à população que cirurgião é diferente de clínico, que pode atender sozinho. Mas cirurgião não opera só. Então eu expliquei a diretora que, se ela conseguisse outros três profissionais, como requer um plantão de emergência, eu me colocaria totalmente à disposição. Ela não conseguiu nenhum, quanto mais três”, detalhou o parlamentar.

Após o debate, ao tempo que soube da possibilidade de que uma “ordem de cima” estaria exigindo a confecção de uma escala com o seu nome, Dr. Ivanes se mostrou tranquilo e disse estar munido de provas que endossariam sua folga neste final de semana.

Solidariedade de Cássio

Quando teve a palavra, já no quinto bloco do debate, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato ao governo pela Coligação A Vontade do Povo, externou sua solidariedade ao vereador patoense.

“O debate vem sempre num tom elegante, educado, mas quando Ricardo participa ele traz sempre um tom mais provocativo. Assim como foi desrespeitoso com Ivanes Lacerda. Eu queria saber o que é que Ricardo tem tanto contra os médicos. É curioso isso”, questionou o tucano.