Notícias

Associação dos Magistrados da Paraíba sai em defesa de juíza criticada pelo senador Aníbal Diniz (PT)

Nesta segunda-feira (9/7), a Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB) respondeu ao senador Aníbal Diniz (PT-AC), que divulgou, em seu site oficial, nota em que faz duras criticas à juíza Ritaura Rodrigues Santana. A revolta foi motivada por decisão de Ritaura que colocou o time de futebol Treze da Paraíba no Campeonato Brasileiro da Série C no lugar de outro time, o Rio Branco, do Acre. As informações são do site Agora Esportes.

No texto do parlamentar, ele chama a magistrada de “torcedora fanática e desonesta” e “comparsa” do clube paraibano. Por meio de comunicado, o presidente da AMPB, juiz Antônio Silveira Neto, se solidarizou com a colega da 1ª Vara Cível de Campina Grande (PB), que estaria sendo vítima “de calúnias e acusações sem qualquer amparo na realidade”. A entidade ainda afirma que a conduta é totalmente “imprópria para um senador”.

Ritaura Rodrigues Santana foi a responsável pela decisão liminar que garantiu ao Treze o direito de participar do Brasileirão da terceira divisão, justamente na vaga que antes era ocupada pelo time acriano. O departamento jurídico do Treze entrou com o pedido na Justiça comum só depois que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva indeferiu o pedido feito pelo clube para disputar a competição nacional.

A decisão judicial foi atendida pela CBF, que incluiu o Treze na disputa e, até agora, vem deixando o Rio Branco de fora.

Revista Consultor Jurídico, 10 de julho de 2012