Fale Conosco

Indignado pelo que considerou desnecessário, ter sido levado para depor de forma coercitiva por ordem do juiz Sérgio Moro, Lula concede entrevista na sede do PT de São Paulo , crítica o que considerou de condenação prévia e disse que será candidato a presidente