Fale Conosco

Lamentavelmente, o nosso deputado federal Júnior jogou a toalha e saiu da disputa pela liderança do PMDB na Câmara. Conquista que seria muito boa, pois deixaria o parlamentar em condições de carrear mais benefícios para o nosso estado.

Quem deu a notícia em primeira mão foi o colunista da Revista Época, Felipe Patury, pontualmente às 20h07 desta terça no site da publicação do sistema Globo.

Veja a nota:

Depois de Leonardo Quint]ao (MG), os deputados Alceu Moreira (RS) e Manoel Júnior (PB) retiraram as suas candidaturas a líder do PMDB na Câmara. Disseram aos seus correligionários que não conseguiram levantar apoio suficiente. Manoel Júnior saiu da disputa magoado com o presidente da Câmara, o peemedebista Eduardo Cunha (RJ). Durante a eleição a presidente da Casa, Monoel Júnior foi o mais aguerrido cabo eleitoral de Eduardo Cunha. Os dois são muito próximos. Por causa da ótima relação e da fidelidade, Manoel Júnior esperava ser o líder do PMDB com o apoio de Eduardo Cunha, que preferiu não declarar preferência nem votar na disputa. Concorrem à liderança do PMDB os deputados Lúcio Vieira Lima (BA), Danilo Forte (CE), Marcelo Castro (PI) e Leonardo Picciani (RJ).