Notícias

Após indeferimento de Polyana, Mayene Van é candidata única em Pombal

Enquanto a maioria dos municípios da Paraíba vive uma disputa palmo a palmo pela prefeitura, o município de Pombal pode (em tese) ter uma candidata única, que é a peemedebista Mayene Van.

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba negou o Recurso apresentado pela candidata à reeleição no município de Pombal, Polyana Feitosa (PT) e indeferiu por unanimidade o registro de candidatura da petista. O voto do relator do processo, Miguel de Britto Lyra, foi pelo indeferimento do registro e foi acompanhado pelos demais membros do TRE com exceção de Márcio Accioly que se averbou suspeito.  

A Corte decidiu acatar os pedidos de impugnação apresentados pela Coligação “Unidos Para o Bem de Pombal” e pelo Ministério Público Eleitoral, que contestavam o registro da chefe do executivo por figurar em uma terceira candidatura e, daí se configuraria a inelegibilidade.

Segundo o relator do processo, Miguel de Britto Lyra, “de acordo com a súmula vinculante número 18 do Supremo Tribunal Federal, Pollyanna não pode concorrer à reeleição porque, assim, ela estaria pleiteando um terceiro mandato”.  
A prefeita foi casada com o prefeito da cidade, Jairo Feitosa, que faleceu ainda durante o mandato. Na eleição seguinte Polyana se candidatou e venceu o pleito e, agora, estaria competindo à reeleição sem se enquadrar nas regras eleitorais.

È claro que Polyana vai recorrer, mas pelo menos até lá, Mayene segue sozinha na disputa.