Fale Conosco

Um homem de 25 anos foi preso pela Polícia Militar da Paraíba, na madrugada deste domingo (3), no centro da cidade de Baía da Traição, no Litoral Norte da Paraíba. Com ele foi apreendido um revólver que teria sido usado em um tiroteio no local. A prisão ocorreu quando a PM dispersava pessoas que participavam de uma aglomeração na praça pública do município, o que está proibido por decreto estadual por causa da pandemia de Covid-19.

O homem ainda tentou se esconder em uma pousada alegando, inicialmente, que teria reagido a um roubo. A versão será investigada pela polícia já que ele não possui porte de arma. Sistemas de segurança gravaram o momento dos tiros, o que deve auxiliar na identificação de outros envolvidos.

De acordo com os policiais da 2ª Companhia Independente da PM, a aglomeração que foi dispersada pela ‘Operação Previna-se’ da Polícia Militar vinha sendo monitorada nos últimos dias pela Coordenadoria de Inteligência (COInt). As informações levantadas pela corporação serão remetidas ao Ministério Público.

Com a pandemia e os decretos estabelecidos visando barrar aglomerações para conter a disseminação do novo coronavírus, a festa de emancipação do município, que ocorre no primeiro fim de semana de janeiro, não seria realizada este ano. Porém, um grupo de pessoas com paredões de som nos carros teriam mesmo assim realizado o festejo e a consequente aglomeração de pessoas.

As investigações devem apontar quem teria organizado a festa, que além do risco à saúde, gerou muitas reclamações de perturbação do sossego, brigas e até o tiroteio.

O homem que foi preso com a arma foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma, em João Pessoa, pois estava ferido no momento da prisão. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Mamanguape.

G1