Fale Conosco

A Coordenação de Campanha do Partido dos Trabalhadores deve se reunir nesta segunda-feira (15), em Brasília, para discutir as medidas que o Partido deve tomar em relação a aliança do PT e PSB na Paraíba, diante das duras críticas feitas pelo governador e candidato à reeleição, Ricardo Coutinho (PSB), contra a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula nesse sábado (14), em Campina Grande.

De acordo com o Ministro licenciado da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, o PT deverá tomar medidas duras. “É um absurdo tudo o que está acontecendo posto que coloca um cenário muito mal, por isso vamos nos reunir nesta segunda para tomada de posições mais firmes no cenário da Paraíba”, disse.

Diante da repercussão das críticas feitas por Ricardo, petistas entraram em defesa da Presidente e do partido. O vereador Fuba também foi um deles que reagiu contrário ao discurso do candidato do PSB. “Desde quando chegou tenho declarado a minha indignação porque ele pega carona indevida da presidente quando não merece esse tratamento”, comentou.

Já o vereador Bira disse que a postura do socialista reflete um instinto desagregador e ingrato em face dos grandes investimentos feitos pelo Governo Dilma na Paraíba e agride o PT porque deveria, segundo ele, no mínimo respeitar as relações existentes com o partido na Paraíba.

BG