Fale Conosco

A jornalista paraibana Rachel Sheherazade disse que um dos motivos de sua saída do SBT foi o pedido do empresário Luciano Hang, donos das lojas Havan, um dos principais patrocinadores da emissora. Em entrevista a Léo Dias, Sheherazade confidenciou que já esperava a demissão há cerca de um ano, quando começou a tecer críticas ao governo de Jair Bolsonaro.

“Tem muitas coisas, mas a declaração do dono da Havan, que se autodeclara como ‘véio da Havan’. Ele veio a público pedir a minha cabeça. Ele é um dos maiores patrocinadores do SBT e de outras grandes emissoras também. Então, ali eu já sentia alguma coisa”, afirmou a jornalista ao colunista Léo Dias.

Sheherazade ficou nove anos na empresa de Silvio Santos e não teve o contrato renovado. No SBT, ela foi âncora do “SBT Brasil” e ficou conhecida por suas opiniões polêmicas, que por vezes geraram polêmicas.

Ao Léo Dias, Rachel disse que com a saída do SBT, terá mais tempo para se dedicar a projetos que sempre quis por em prática. Além disso, a comunicadora disse que já recebeu convites de outras emissoras, mas que ainda não pode citar nomes. Assista a entrevista completa: