Fale Conosco

A ex-candidata à Presidência da República, Marina Silva, vai mesmo sair do Partido Verde. Ao que parece a situação tá preta por lá, Marina se desentendeu com o líder do PV desde a campanha eleitoral e não parou mais.

Parece que o motivo da briga começou com a arrecadação de recursos para a campanha de Marina, que tinha como candidato à vice o dono da Natura, empresário Guilherme Leal. Mas o presidente do PV, José Luiz Penna, não gostou do empresário centralizar as arrecadações e começaram as desilusões de Marina. Além disso, a agenda de campanha da então candidata era organizada por pastores da igreja que ela freqüenta, deixando de lado alguns eleitores mais urbano, moderno, descolado que apoiavam a legalização da maconha e do aborto.

As brigas dentro do partido começaram, as eleições passaram, mas as brigas parecem não ter tempo para isso. Agora ela vai sair e fundar um partido próprio, Partido da Causa Ambiental.