Fale Conosco

Em nota divulgada nesta quinta-feira (20), a Federação Nacional dos Comunicadores (Fenacom) se solidarizou com o colunista do PB Agora, Eliabe Castor, e repudiou as declarações do deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas) por conta de uma opinião do comunicador sobre um episódio envolvendo o parlamentar.

Na nota, a Fenacom disse que Wallber Virgolino tem feito acusações a imprensa sem apresentar provas. Ontem, a Associação Paraibana de Imprensa (API) também divulgou nota repudiando as declarações feitas pelo deputado.

Nota da API

“A Associação Paraibana de Imprensa (API) vem a público externar seu total repúdio a forma grosseira e em tom ameaçador com que o deputado estadual Walber Virgolino (Patriotas) se dirigiu ao jornalista Eliabe Castor, do portal PBAgora.

Walber tem feito acusações a imprensa paraibana de forma generalizada e sem apontar nomes de profissionais e/ou empresas de comunicação que agem de forma antiética.

O parlamentar foi citado em artigo escrito pelo jornalista Eliabe Castor e publicado no site PBAgora com críticas as suas declarações. Em nenhum momento do artigo, o jornalista atinge a honra do parlamentar, ao contrário, apresenta até alguns elogios a pessoa de Walber Virgolino.

Porém, o parlamentar reagiu de forma extemporânea, com grosseria e em tom ameaçador afirmando que resolve seus atritos “na bala”.

Todos nós que fazemos a API e a imprensa livre no Estado da Paraíba e no Brasil, repudiamos tal postura e nos colocamos à disposição do jornalista Eliabe Castor para toda e qualquer atitude que ele deseje tomar com relação a este fato.

Destacamos ainda que à Imprensa no Brasil sempre foi protagonista nos momentos bons e ruins da história do país, e mais uma vez iremos resistir e sair mais fortes dessa onda de ataques promovidas por políticos”.

Nota da Fenacom