Fale Conosco

Quero iniciar este artigo agradecendo ao coordenador da campanha do governador Ricardo Coutinho na pessoa de Célio Alves, e ao secretário de Comunicação, Luís Torres, pela decisão de me super expor no guia, pois a esta hora o que tem de gente acessando este blog não tá no gibi, já que fui potencializado por ambos em cadeia estadual em horário nobre. Obrigado, colegas.

Considerando que o Blog do Dércio só é conhecido por uma parcela da população, agora mesmo quem assistiu ao guia digitou o meu nome ou o do meu blog no Google e está se atualizando com as matérias que faço e os escândalos do governo que denuncio. Agradeço.

Na verdade, se eu fosse o governador demitia ambos, pois fizeram do blog um endereço a ser procurado para entender o que aconteceu hoje no Cannelle e tranformou o Jornal dos Municípios num objeto de desejo que precisa ser visto urgentemente com toda a ansiedade possível, pois é proibidão. E o que é proibido desperta a curiosidade.

Mais que isso, quando o jurídico da campanha de RC decidiu pedir a busca e apreensão do Jornal dos Municípios ainda no primeiro turno, deu um tiro no pé do governador.

Acusado de ter um viés autoritário e fazendo um esforço tremendo para ser democrático, o governador agora vestiu de vez a carapuça de ditador ao ser apontado como aquele que não quer que o jornal circule.

A verdade é que nestes quatro anos de gestão girassol a imprensa paraibana viveu o seu pior período de relacionamento com o Palácio da Redenção.

A perseguição a jornalistas desde os primeiros dias, quando o próprio RC pediu a cabeça de uma dezena lá no Sistema Correio, sinalizava que agora no ocaso político da gestão a coisa ganharia contornos ainda mais autoritários.

Fui exposto no guia como se quisessem me mostrar como alguém que foi pego em flagrante recebendo uma propina, como estão denunciados o irmão do governador e mais três auxiliares e o meu blog denunciou-os no escândalo do propinoduto.

Na verdade, abri o guia de Ricardo Coutinho hoje como um blogueiro que portava jornais que o governador não quer que sejam distribuídos e não quer por medo da verdade. Foi muito bom para o meu blog em termos de divulgação.

EM TEMPO: o proprietário do Jornal dos Municípios, Wanderly Farias, conhecido agora como “o proibidão”, convoca todos que queiram folhear o jornal para uma manifestação amanhã a tarde no Ponto de Cem Réis, onde avisa que distribuirá 10 mil exemplares com as verdades que o governador não suporta.