Fale Conosco

O deputado estadual Anísio Maia (PT) revelou indignação com a decisão da coordenação da campanha do governador Ricardo Coutinho (PSB) de criar um comitê Ricardo – Aécio Neves no segundo turno das eleições na Paraíba.

Para o petista, o comitê suprapartidário PSB-PSDB irá dividir o eleitorado de Ricardo Coutinho no estado. “Isso foi um chute no pé na campanha do governador, pois ele perder o voto do povo do PT”, opinou.

Ele também prometeu levar o caso para a direção estadual da legenda ao adiantar que os comitês provocaram uma reação negativa nas hostes do PT. “A presidente Dilma veio à Paraíba, a militância abraçou a campanha de Ricardo por conta da presidente. Isso é uma prova de quem quer dividir a campanha”, disparou.

Anísio disse ainda que o chefe do executivo estadual tem responsabilidade sobre as decisões do seu coordenador de campanha, Efraim Morais (DEM), pai do deputado federal eleito, Efraim Filho (DEM), que também está à frente do comitê. “Isso ninguém entende. Parece que para o coordenador, a campanha de Aécio é mais importante do que a de Ricardo”.

De acordo com informações obtidas pelo Blog do Gordinho, a estratégia da criação do comitê seria confundir a mente do eleitor e associar o crescimento do presidenciável tucano, nas pesquisas, ao socialista no estado. Dessa forma, o eleitorado poderia entender que Ricardo também estaria marchando junto com Aécio e que, a eleição dos dois traria bons frutos para o estado.

BG