Fale Conosco

A candidata a prefeita de Campina Grande Ana Cláudia (Podemos-19) garantiu aos moradores dos bairros Pedregal e Jeremias duas ações fundamentais nas áreas de saúde e segurança alimentar: ela vai reestruturar o Programa de Saúde da Família (PSFs), investindo na atenção básica; e garantir merenda para alunos nos fins de semana e feriados.

Ana visitou o Pedregal, bairro que recebeu grandes melhorias e benefícios na gestão do ex-prefeito Veneziano Vital do Rêgo. Ao lado do hoje senador Veneziano e de candidatos a vereador da coligação “Novo Tempo, Novas Soluções”, ela foi recebida com alegria e esperança.

Ana garantiu a implantação do programa Merenda Fora da Escola, que vai oferecer merenda escolar para os alunos da rede municipal de ensino nos finais de semana e feriados, através do Cartão Merenda.

Ao conversar com os moradores, ela reafirmou da importância da prefeitura garantir a merenda para que haja uma boa evolução das crianças, também no aspecto educacional.

Ana disse que decidiu apresentar a proposta devido às dificuldades impostas pela pandemia. “Será uma verba disponibilizada em cartão para o responsável da criança, para viabilizar a merenda no final de semana. Tendo essa prioridade na gestão e gerenciando bem os recursos, sem os desvios que ocorreram na atual gestão, é possível” , disse.

Ana Cláudia também visitou o bairro do Jeremias, que foi totalmente reestruturado e ganhou dignidade na gestão Veneziano. Nesse reencontro com a população do ‘Jeré’, Ana garantiu reabrir as cozinhas e os dois restaurantes comunitários fechados pela gestão atual.

A candidata ouviu apelos dos moradores, principalmente no que diz respeito à volta da Integração, e garantiu que uma de suas primeiras medidas como prefeita será reativar o Sistema e colocar em prática o projeto do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), integrado às linhas de ônibus. “A volta da Integração é uma necessidade da população, pois o sistema temporal não atende as necessidades dos usuários. Também vamos implantar o VLT, que irá beneficiar 13 bairros da cidade, além dos distritos de Galante e São José da Mata, em parceira com o governo estadual. A viabilidade do projeto existe, pois ele já está aprovado”, enfatizou.