Fale Conosco

Dada a ousadia do gesto, a ida de Gilberto Kassab ao evento de aniversário do PT, anteontem em Brasília, foi interpretada por aliados e adversários como sinal de que o apoio do criador do PSD à candidatura de Fernando Haddad está próximo de ser selado, informa o “Painel”, editado por Renata Lo Prete.

Diante da certeza da vaia que viria, o prefeito paulistano não teria se aventurado na festa sem saber de antemão que receberia também as boas-vindas mais ou menos explícitas de vários cardeais petistas, como acabou ocorrendo.

Ontem, o prefeito disse que seria “um erro” não comparecer ao 32º aniversário do PT.

Ele afirmou que “respeita” a manifestação durante a festa. “Existem dificuldades no PT e no PSD. Vejo com naturalidade e respeito as manifestações, mesmo as da Marta Suplicy”, disse o prefeito, numa alusão às declarações da senadora contra a aliança.

Folha