Fale Conosco

Aliados do presidente afastado do PSDB, senador Aécio Neves (MG), informaram na terça-feira que ele se rendeu a pressões de líderes do partido e decidiu convocar uma reunião da Executiva Nacional da legenda, em agosto, para se afastar definitivamente do cargo e discutir a eleição de seu sucessor.

Com mandato estendido até maio de 2018, Aécio terá que renunciar para outro tucano assumir o comando do partido. Esse acerto teria sido feito entre Aécio e o presidente interino da sigla, Tasso Jereissati (PSDB-CE).

– Já está batido o martelo. Aécio vai se afastar definitivamente da presidência do PSDB em agosto. Como presidente de fato afastado, cabe a ele convocar uma reunião da Executiva Nacional, em agosto, para escolher o novo presidente. Quanto ao Tasso, não tenho certeza se será ele – disse um dirigente tucano ligado a Aécio.

 

Fonte: O Globo