Fale Conosco

Em entrevista ao radialista Arquimedes de Cstro, da campina FM, na manhã desta quarta-feira (25) o presidente do diretório do Partido dos Trabalhadores de Campina Grande (PT-CG), Alexandre Almeida, reafirmou sua pré-candidatura a prefeito e comentou detalhes do programa que o partido pretende levar para o pleito municipal deste ano.

Saúde – Para Alexandre o programa petista que será apresentado pelo PT para governar a cidade nos próximos quatro anos terá  enfoque no social, a exemplo do que está sendo feito pela presidente Dilma Rousseff (PT), onde o intuito será incluir as camadas menos favorecidas da sociedade  na economia ativa. “Dilma Rousseff já demonstrou muita vontade de erradicar de vez a extrema pobreza no país. Prova disso é que o plano “Brasil sem Miséria” por ela lançado, que se transformou em uma megaoperação que reúne os principais programas sociais do governo, com iniciativas de transferência de renda, melhorias em infraestrutura e oferecimento de serviços básicos para famílias que vivem em condições precárias. Vamos dar continuidade à transformação benéfica que Veneziano está fazendo na saúde, investindo na parte de serviços para melhorar e qualificar os profissionais. Acredito ainda que esse ano o prefeito entregará cobertura total da cidade em relação às equipes de saúde da família”.

Educação – O dirigente petista alega que a educação da mesma forma que a saúde faz parte de um sistema no qual está passando por uma ampla reforma desde que o prefeito Veneziano assumiu. “Quando fui secretario de Veneziano por duas vezes pude acompanhar o grande investimento e atenção que esse gestor tem com a área, pois já foram feitas reformas e ampliação de mais de uma centena de escolas; além da valorização do servidor com a implementação do PCCR da educação. A meta do PT é ampliar os programas sociais, pois entendemos que quando tiramos uma criança da rua a colocamos na escola dando uma assistência social para a família revelamos que a mesma pode ter uma vida produtiva e cidadã”.

Segurança – Neste âmbito o presidente partidário volta a defender que é preciso um olhar atencioso no tocante aos bolsões de miséria do Brasil e de Campina Grande, com investimentos na educação básica e na geração de emprego e renda. No programa de governo que será apresentado pelo partido para a cidade Alexandre revela que em muito se assemelhará ao que já está em realização pelo prefeito. “Nos temos que observar que a Guarda Municipal aprovada recentemente tem por dever proteger o bem público, sendo uma guarda acessória a polícia militar. Mas nossa ênfase será na origem do problema que vem do social e é isso que o PT está mostrando no Brasil é quer apresentar nas prefeituras via o projeto Brasil Sem Miséria, onde o gestor tem que investir na educação, na assistência social para buscar uma melhora da situação cidadã das famílias brasileiras, se você faz isso imediatamente está agindo na segurança pública”.

Por fim Alexandre Almeida indaga a todos os campinenses que o candidato petista caso eleito vai ser o um braço direito da presidência da republica na cidade. “Vamos passar a mensagem que Lula nos deixou que é preciso investir nos cidadãos para aperfeiçoar de forma intercetorializada em  todas as áreas”