Fale Conosco

O Presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores em Campina Grande, Alexandre Almeida, lamentou na manhã desta segunda-feira (23) a negociação feita por membros do partido que, segundo ele, estão usando o PT de Campina como “moeda de troca” para o PT de João Pessoa. De acordo com Alexandre, esta é uma negociação que diminui o PT campinense.

“Estão fazendo isso (a decisão de apoiar o PP em Campina Grande e não lançar candidatura própria) em função de uma posição de João Pessoa. Estão vendendo o PT de Campina Grande para consolidar uma posição de João Pessoa, para ter a vice do companheiro Durval na chapa de Luciano Cartaxo”, denunciou Alexandre Almeida, lamentando que o PT de Campina Grande tenha entrado no meio de uma negociação.

Segundo o Presidente do PT campinense, “Campina Grande é livre, é independente e não pode aceitar intervenção de João Pessoa aqui”. Ele afirmou que, na qualidade de presidente do partido na cidade, vai recorrer às instâncias superiores do PT para denunciar a manobra e exigir respeito ao PT de Campina Grande. “Vou encaminhar tudo isso à Executiva Nacional”.

Alexandre finalizou lamentando o ocorrido e dizendo que a negociação vai pesar na consciência dos que colocaram o PT de Campina Grande como “moeda de troca” para o PT de João Pessoa. “O que houve por trás disso está na consciência de quem fez isso”, afirmou.