Fale Conosco

Em seu mandato como presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores de Campina Grande (PT-CG), Alexandre Almeida revela que tem priorizado o contato direto com os filiados para continuar mostrando a forma petista de fazer política, que se iniciou com o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Neste ponto o dirigente partidário afirma que quase três mil militantes petistas da cidade, 1.276 estão aptos a votar na eleição para escolha dos delegados que será realizada no próximo dia 15.

Alexandre Almeida ressalta que o PT é um partido que se ergue da força popular e sempre esteve à frente das grandes causas do país.  Para ele, o trabalho da direção de buscar a aproximação com as bases indicará a melhor forma de ter o maior número de militantes petistas candidatos a vereadores. “O PT que eu quero é um PT com posicionamento. É assim que se faz um partido, com junção de ideias e busca de objetivos. Eu acredito que nossas eleições internas serão tranquilas. Nós estamos em um momento de refletir o partido e de buscar trabalhar na unidade do PT para as eleições municipais. Acredito que o partido fará uma forte bancada na Casa de Felix Araújo”, disse o presidente.

Democracia petista- Alexandre cita que serão escolhidos 200 delegados que participaram do congresso do partido no dia 22, quando escolherão a tese a ser seguida na eleição municipal deste ano. “Este é um instrumento importante e democrático, onde os filiados podem opinar e se sintonizar com os ideais petistas”, afirmou.

Entre os demais nomes potenciais que disputaram uma das vagas na Casa de Félix Araújo este ano, Alexandre cita os nomes de Perón Japiassú,  Laelson Patrício, Filipe Gaudêncio, Elson Leite, Eurivaldo Araújo, Odaiza Rocha, Hermano Nepomuceno e Socorro Ramalho.