Política

Ala militar do Congresso está se sentindo traída por Eduardo Bolsonaro

Eduardo Bolsonaro não está num bom momento com as cúpulas militares das Forças Armadas. Tudo por conta de sua determinação em aprovar do acordo da Base de Alcântara com os Estados Unidos, e levá-lo debaixo do braço aprovado para Donald Trump.

Antes do recesso do mês passado, Eduardo infernizou as assessorias parlamentares dos comandos das Forças para tentar acelerar, no Congresso, a aprovação do acordo.

Acontece que, após descobrirem que tudo não passava de lobby do deputado para fortalecer sua indicação como embaixador, os militares se sentiram traídos.

A informação é da coluna Radar da Veja.

Da redação

Tags: Tags: