Fale Conosco

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP), líder da maioria na Câmara afirmou nessa sexta-feira (21) que a derrubada no Senado do decreto que permite a posse de armas por brasileiros deverá ser mantida na Câmara Federal.

“Acho difícil contrariar a decisão do Senado”, disse o deputado ao ser questionado sobre como a Câmara deve votar a questão. Aguinaldo, no entanto, explicou que a Casa pode transferir parte das regras contidas no decreto para projetos de lei em tramitação no Congresso.

Os textos deverão ser votados em bloco após serem pautados na próxima terça-feira (25) ou quarta-feira (26).

Da redação