Fale Conosco

Um dos principais colunistas do Brasil, Josias de Souza, do UOL, apontou para a ironia do fato de o Conselho da República, que encorajou o presidente Michel Temer a decretar intervenção federal no Rio de Janeiro e submeter os bandidos à ação federal, foi composto por nada menos que nove investigados.

Um deles, o ilustre deputado federal paraibano Aguinaldo Ribeiro (PP), líder do Governo na Câmara dos Deputados – que responde a inquérito por suspeita de corrupção no Supremo Tribunal Federal (STF).

“O colegiado em que foram debatidas as providências adotadas pelo Planalto para combater a bandidagem e as quadrilhas do Rio é majoritariamente composto de réus, denunciados ou investigados pela prática de crimes”, enfatiza Josias.

Os noves investigados são:

1. O próprio Michel Temer; 2. Eunício Oliveira (PMDB-CE), presidente do Senado; 3. Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara; 4. Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil; 5. Moreira Franco, ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência; 6. André Moura (PSC-SE), líder do governo no Congresso; 7. Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), líder do governo na Câmara 8; Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Senado; 9. José Guimarães (PT-CE), líder da minoria na Câmara;

Leia a coluna na íntegra aqui