Fale Conosco

Após a demissão do médico Ricardo Cruz do Hospital de Emergência e Trauma, outros três médicos foram impedidos de atenderem na unidade e depois informados de que não fazem mais parte do quadro de servidores do maior Hospital da Paraíba.

A situação por lá está absurda, a Cruz Vermelha nem tem a sua condição como administradora do Trauma oficializada e já descumpre todas as afirmações e promessas feitas na ocasião de sua posse na direção do Trauma.

Onde foi parar aquela história que nenhum servidor será demitido?

Foi parar no lixo como muitas palavras ditas pelo atual governo. É uma situação bastante complicada porque muitas pessoas precisam de atendimento na unidade diariamente e agora, o atendimento está pior, mas o que enche os olhos de RC é a promessa de R$ 4 milhões de economia a cada mês.

Será que a Cruz vermelha vai cumprir as promessas feitas à RC?

Ou há outros interesses por trás de tudo isso?

EM TEMPO: Mais hospitais do interior do Estado foram visitados pela Cruz Vermelha.